Ana Elizandra Gomes Ribeiro

Ana Elizandra Gomes Ribeiro é de Santa Luzia, Maranhão. Professora de Língua Portuguesa e Língua Inglesa no Ensino Médio. É formada em Letras pela Universidade Federal do Maranhão com especialização em Língua Portuguesa e Literatura pela Universidade de Santa Fé.

 

Tem participação em várias antologias lançadas no Brasil e em diversos outros países, além de já ter publicado livros solos e um dueto poético com o poeta Gil Betto Barros. Ao longo de sua trajetória recebeu alguns prêmios de literatura: Personalidade 2010, pela Academia de Artes Popular de Cabo de Frio, RJ – ARTPOP. Destaque 2010, pela Associação Fluminense de Belas Artes, RJ – AFBA. Melhores Livros de Poesia 2010, pela Academia de Letras de Goiás Velho.

 

Prêmio Luso-Brasileiro de Poesia pela Literarte e Editora Mágico de Oz de Portugal, em março de 2013.

 

Prêmio Literarte de Cultura 2013 – “Estes fazem a diferença” – promovido pela Literarte, em Foz de Iguaçu, maio de 2013. Prêmio Destaque Poético 2014, pela Academia de Letras e Artes de Fortaleza, janeiro de 1014. Comenda Floriano Peixoto, 2015, pela Associação Internacional de Escritores e Artistas.

Faz parte das seguintes academias:

 

Acadêmica correspondente da Academia ArtPop de Cabo Frio, RJ, posse em 04 de dezembro de 2010. Membro da Delegação Nacional da Academia de Letras e Artes de Valparaíso – Chile. Membro da Academia de Letras e Artes de Fortaleza, em janeiro de 2013. Membro do Núcleo Acadêmico de Letras e Artes de Buenos Aires, em maio de 2015. Membro do Núcleo Acadêmico de Letras e Artes de Lisboa, em janeiro de 2017.

Principais obras e participação em obras:

 

Conversa de Alguém que sente – coletânea poética. São Paulo: Scortecci, 2008. Quatro mãos: todas com poesia – dueto poético. São Paulo: Scortecci, 2010 Disperso em verso – São Paulo: Scortecci, 2015.

 

PARTICIPAÇÕES EM ANTOLOGIAS

 

Participação na Antologia de Contos Crônica e Poesia da Editora Scortecci, Enigmas do amor. Com 04 poemas, entre as páginas 22 e 25.

 

Participação na Antologia Scortecci de Contos, Crônicas e Poesias Especial Encontro Pontual para 21ª Bienal Internacional do Livro de São Paulo – 2010. Com 07 poemas entre as páginas de 19 a 22.

 

Participação na Antologia Ponte dos Sonhos 1 – do Brasil para Frankfurt, o melhor de nossa terra. Com dois poemas: Escrever e Penar e Poema do Esquecimento.

 

Participação especial na Antologia de contos, crônicas, poesias e artes plásticas Brasil: mais que um país, uma inspiração. Lançada na Jornada Cultura da Academia ArtPop de Cabo Frio, RJ, em 04 de novembro de 2010.

 

Participação na Antologia de contos, crônicas e poesias Tesouros brasileiros – Brasil/Egito via Cairo. Antologia organizada por Izabelle Valladares com o apoio da Academia de Letras de Goiás.

Participação na Antologia Scortecci de contos, crônicas e poesia: Entrelinhas literárias. Scortecci, 2011.

 

Participação na Antologia bilíngue Palavras sem fronteiras. Organizada por Izabelle Valladares. Lançado no Rio de Janeiro e Buenos Aires.

 

Participação na Antologia Internacional de Contos, Crônicas e Poesia, Brasileiros em verso e prosa, com apoio cultural da Universidade Federal da Bahia.

 

Participação da 4ª Antologia Poética da Academia de Letras e Artes de Fortaleza.

 

Participação na Antologia Luso-brasileira de Poesia. Obra distribuída em bibliotecas e escolas de Portugal.

 

Participação na 5ª Antologia Poética da Academia de Letras e Artes de Fortaleza.

 

Participação na Antologia de contos, crônicas e poesia “Cumplicidade de Movimentos, da Editora Scortecci, 2014.

 

Participação na Antologia “Literarte Celebra a Bahia, em 2015

 

Participação na antologia “Integração Cultural Interestadual”, Editora Rede Mídia, em junho de 2016

 

Participação na Coletânea Literária “A Arte de Ser Mulher”, Editora Rede Mídia, em novembro de 2016.

SINOPSE   "Disperso em Verso"

A produção poética de Anna Elizandra encanta pela pureza de sensibilidade, pela singeleza da construção linguística, como também pela delicadeza com que constrói belíssimas imagens. Ela ratifica as palavras de Luís Almeida Sampaio, em artigo recente: “O bom poeta não precisa inventar inspiração, porque a musa inspiradora rouba sua atenção e canta sua pena. O bom poeta verseja como se pintasse exuberantes telas”.

Esta respeitável escritora dança ao som do vento, acompanhada de Erato, musa da poesia amorosa, com a intenção de derramar o belo sobre o lirismo universal. Vá, minha irmã de ofício, revelar as imagens de teu coração sensível para tornar o mundo mais bonito.

Paulo Rodrigues (Poeta, escritor e pensador)

Livraria e Espaço Cultural AMEI - São Luís Shopping: (98) 3251 3744

Presidente: (98) 9 9612 2384 (WhatsApp)

1ª Secretária: (98) 9 8283 2560 (WhatsApp)

Email: amei.osfl@gmail.com

  • Black Facebook Icon
  • Black Instagram Icon

© 2017 AMEI.