Casa de Cultura 

Josué Montello

A Casa de Cultura Josué Montello – CCJM se originou a partir de uma doação feita pelo próprio escritor, em escritura pública, em 14 de março de 1983, incluindo obras bibliográficas, documentais e museológicas. Já nessa época, a casa foi integrada à Secretaria de Estado da Cultura, por meio da Lei nº 4.351 de 31 de outubro de 1981, assim como em 11 de junho de 1997, o Decreto nº 15.606 subordinou a instituição à Coordenadoria da memória e Documentação. Essa situação mudou em 10 de março de 2008 quando o Decreto nº 23.823 aprovou o regimento da SECMA e vinculou a Casa Josué Montello à Secretaria Adjunta da SECMA.

Inicialmente a CCJM foi instalado em prédio próprio, no Largo do Ribeirão. O crescimento do acervo provocou a mudança de suas instalações para um casarão antigo da família João Pereira, situado na Rua das Hortas, esquina com a Rua do Coqueiro, adquirido pelo Governo do Estado em 1989. A partir de março de 1990 a Casa de Cultura Josué Montello passou a funcionar nesse prédio após restauração e adaptação do mesmo para suas finalidades. No primeiro semestre de 1997 o prédio passou por um novo processo de recuperação, ampliação e modernização das suas instalações físicas, com recursos captados através da Associação dos Amigos da Casa de Cultura Josué Montello, junto ao Ministério da Cultura.

Em agosto de 2014, teve início uma nova reforma em suas instalações físicas, bem como, adequação para acessibilidade e ampliação do auditório, sendo todo o acervo e mobiliário, deslocado para um prédio alugado pelo Governo do Estado no Bairro do São Francisco. Em dezembro de 2014 a CCJM retornou para a sua sede, sendo reorganizada e reaberta ao público em 7 de dezembro de 2016 contando com a inauguração de um novo espaço denominado “Museu Josué Montello”.

A razão de existir deste espaço cultural se faz presente, contando com as coleções de obras da biblioteca particular do escritor Josué Montello, acrescentando-se do acervo museológico e documentos pessoais que formam o Arquivo. O acervo, colocado à disposição para consulta, disponibiliza material de referência para artigos, ensaios, teses, monografias e livros em sua própria sede, oferece também o serviço de empréstimo domiciliar de obras literárias, para usuários cadastrados.

A CCJM destina-se a promover e apoiar estudos, pesquisas e trabalhos, nas áreas da literatura, ciências sociais, história, geografia, enfim, das manifestações artísticas e culturais do Estado, além de guardar e preservar a documentação referente à vida e obra do escritor maranhense Josué Montello.

 

OBRAS 

azulejo

Sinopse:

“Catálogo de publicações de autores Maranhenses”

Ficha Técnica

 

Gênero: Catálogo

Ano de edição: 2016

Dimensões: 15,5 x 22,5cm

Número de páginas: 419

ISBN: 978 – 85 – 7275 – 035 -6

Editora: Edições Secma

Livraria e Espaço Cultural AMEI - São Luís Shopping: (98) 3251 3744

Presidente: (98) 9 9612 2384 (WhatsApp)

1ª Secretária: (98) 9 8283 2560 (WhatsApp)

Email: amei.osfl@gmail.com

  • Black Facebook Icon
  • Black Instagram Icon

© 2020 AMEI.