YURI COSTA

Nasceu em São Luís, Maranhão. Graduou-se nos cursos de História e Direito pela Universidade Federal do Maranhão (UFMA). Possui mestrado em Ciências Sociais pela UFMA e doutorado em História pela Universidade do Vale do Rio dos Sinos (UNISINOS).É professor Adjunto da Universidade Estadual do Maranhão (UEMA), onde desenvolve pesquisas sobre História do Brasil Império e Direitos Humanos. Professor permanente do Programa de Pós-Graduação em História da UEMA (PPGHIST), vinculado à linha de pesquisa Historiografia e Linguagens. Pesquisador-líder do Novos Caminhos: Núcleo para Educação em Direitos e Acesso à Justiça (UEMA) e pesquisador do Núcleo de Estudos do Maranhão Oitocentista (UEMA). Sócio correspondente do Instituto Histórico e Geográfico de Vassouras, Rio de Janeiro (IHGV). Venceu o Prêmio Innovare, na categoria Defensoria Pública. É Defensor Público Federal no Maranhão, exercendo atualmente a função de Defensor Regional de Direitos Humanos.

 

Sinopse: A flor vermelha: ensaio biográfico sobre Celso Magalhães (1849-1879) – 2018

 

Trata da história de vida de Celso Magalhães (1849-1879). Destaca, além das (re)construções do personagem pela literatura que o tomou como tema, o envolvimento do protagonista com o cativeiro e com abolicionismo, seu percurso intelectual, sua atuação como literato e jurista, sua relação com a política e, mais particularmente, a participação do jovem maranhense no chamado “crime da baronesa”, vital para a crítica das representações das elites sobre o escravo na Justiça da segunda metade do século XIX e da ingerência de fatores políticos sobre o Poder Judiciário imperial.

Sinopse: Direito sentido e os sentidos do direito – 2018 (Organizador)

 

Obra comemorativa dos 10 anos do Núcleo de Estudos em Direitos Humanos e Biodiversidade, da Universidade Federal do Maranhão – NEDHBio. A obra é de vital importância para manter acesa a luz, às vezes vacilante e bruxuleante, dos direitos humanos e conservar abertos os ouvidos às vozes que nos deixam vigilantes. Professores, mestres, doutores, poetas, filósofos, todos de reconhecido mérito profissional e acadêmico, são os autores, as autoras, desta exemplar coletânea, protagonizando sadias provocações, fustigando, questionando e estimulando a nossa sensibilidade. A obra compõe um multifacetado vitral, de diferentes cores e formas, unido por invisível e habilidoso desenho interior a compor um todo.

Sinopse: Biodiversidade, democracia e direitos humanos – 2016 (Organizador)

 

A obra contém inegável riqueza temática e de contribuições, como demanda a abordagem transversal da biodiversidade, da democracia e dos direitos humanos. Assim, a revisão crítica e atualizada dos direitos humanos e a meditação sobre a abertura constitucional de caminhos promissores encontram-se aliadas à reflexão sobre o consumo e a reciclagem, à crítica articulada ao formalismo demasiado antropocêntrico, à reconstrução jurídica de categorias ambientais, à meditação sobre a temporalidade e os elementos da juridicidade. Como se percebe, eis um livro importante, que agrega “insights” estimulantes de acadêmicos destacados ao estudo de tópicos capitais para o Direito contemporâneo.

 

Sinopse: O Maranhão oitocentista, 2ª edição – 2015 (Organizador)

 

A coletânea reúne docentes e pesquisadores de diferentes instituições de ensino do Estado do Maranhão, além de um professor convidado, vinculado à Universidade Federal Fluminense, com o objetivo de debater pesquisas correlatas ao século XIX recentemente desenvolvidas no Maranhão. A organização dos trabalhos tem como base os principais temas abordados pelas pesquisas, relacionadas às temáticas da construção do Estado; escravidão; religião; gênero e família; literatura, ensino, livro e leitura. É ainda destacado o tema “Documentos e arquivos”, com o propósito de publicizar cada vez mais o acervo documental existente no Estado sobre o Oitocentos. 

Sinopse: Direitos humanos e diversidade – 2013 (Organizador)

 

A obra promove o encontro das palavras, e busca trazer, numa coletânea, o enlace do discurso teórico com a verificação da realização prática dos direitos humanos. Composto essencialmente de entrevistas com autoridades acadêmicas e militantes de diversas áreas dos direitos humanos, além de um artigo, este trabalho não evita, pelo contrário, estimula o debate sobre temas ainda inflamados na realidade internacional e brasileira, como as questões de gênero, os direitos da população homossexual, a luta pela emancipação dos negros e a dimensão dos direitos étnicos das comunidades indígenas.

 

Sinopse: O Epaminondas Americano: trajetórias de um advogado português na província do Maranhão – 2011

O livro, escrito em coautoria com Marcelo Cheche Galves, aborda a trajetória de vida do advogado português Manoel Paixão dos Santos Zacheu, que se autodenominava O Epaminondas Americano. Zacheo possuiu uma relevante e intensa participação na vida pública maranhense e brasileira no contexto da Revolução do Porto (1821), de Independência do Brasil (1822) e de organização jurídica da nação brasileira independente. Apresentou a D. Pedro I, em 1825, o primeiro projeto de Código Civil e Criminal do Império, documento que se encontra integralmente transcrito no livro.

Sinopse: Maranhão: ensaios de biografia e história – 2011 (Organizador)

 

Coletânea que reúne vinte artigos científicos sobre personagens da História do Maranhão, desde os tempos coloniais até os dias mais recentes. A obra explora a atuação, em terras maranhenses, de políticos, de artistas, de mulheres, de líderes camponeses, pastores, escravos, judeus, entre muitos outros, sempre registrando a preocupação em contemplar diferentes setores da sociedade.

Sinopse: A outra justiça: a violência da multidão representada nos jornais – 2008

 

Fruto da dissertação de mestrado do autor, o livro focaliza e disseca a violência a partir de manipulações adotadas pela mídia, ao tornar o relato de atos de linchamento, através da notícia e da imagem, um produto a ser exposto e vendido pelos periódicos.

Livraria e Espaço Cultural AMEI - São Luís Shopping: (98) 3251 3744

Presidente: (98) 9 9612 2384 (WhatsApp)

1ª Secretária: (98) 9 8283 2560 (WhatsApp)

Email: amei.osfl@gmail.com

  • Black Facebook Icon
  • Black Instagram Icon

© 2017 AMEI.